Loading...

03/01/2018

2018 solidário: 5 maneiras de começar o ano fazendo um bem!

A virada de ano é tempo de renovação: é quando aproveitamos o início de uma nova etapa para abraçar as mudanças e escolhermos ser melhores do que fomos no ano que deixamos para trás.

Então, por que não aproveitar a oportunidade para ajudar aqueles que sofrem com a desigualdade no nosso país?

Veja, abaixo, 5 maneiras de começar o ano fazendo um bem:


1. Doe roupas


Está pensando em se desfazer de algumas peças de roupa e adentrar 2018 com o armário renovado? Junte tudo o que você não quer ou não precisa mais e deixe com uma instituição social da sua cidade! 

Não conhece nenhuma? Sem problemas: você também pode deixar com uma igreja ou órgão público para que eles distribuam entre as instituições.

O importante é que as roupas, ainda que muito usadas ou mais velhinhas, estejam em bom estado. Confira rasgos ou manchas antes de separá-las. E se você tiver filhos, não deixe-os de fora: peça para que separem as peças que gostariam de doar e incentive a solidariedade desde cedo!

Quem receber sua doação com certeza ficará muito feliz de começar o ano com peças novas.


2. Doe tempo 


O trabalho voluntário é uma das alternativas mais positivas tanto para os contribuidores quanto para as instituições sociais.

Afinal, o voluntariado é a alma não só das organizações sem fins lucrativos, mas de qualquer ação filantrópica. Sem voluntários, grande parte do sistema do terceiro setor pararia de funcionar.

Por isso, se você tem condições de separar um dia que seja para ajudar o próximo, não perca essa chance!

O contato direto com as necessidades dos contemplados pela organização que você escolher certamente será uma experiência enriquecedora. E as alternativas são várias: ler para crianças e idosos, auxiliar nas tarefas de uma ONG de resgate a animais, levar cestas básicas a comunidades carentes…

Informe-se sobre as iniciativas sociais da sua cidade e veja de que forma você pode ajudar!


3. Doe recursos 


Se você tem condições de contribuir financeiramente, qualquer que seja o valor doado, saiba que estará fazendo uma diferença significativa para a manutenção da instituição escolhida.

E o melhor: muitas organizações, hoje, aceitam pagamento digital.

Seja através do PayPal, que registrou mais de 2,5 milhões de reais em doações em 2017, ou do financiamento coletivo, como é o caso da 1Bem e das iniciativas cadastradas nas plataformas Catarse e Kickante, você não precisa nem ir ao banco para fazer a sua contribuição!

Mas se não quer doar dinheiro, saiba que doar livros, alimentos e material de limpeza e de higiene pessoal também ajuda bastante as organizações, já que elas poderão poupar esses gastos para investir em outras necessidades.

Também é interessante se informar com a organização dos itens mais urgentes. Assim, você torna sua doação ainda mais efetiva.


4. Doe brinquedos 


Infelizmente, o número de crianças em situação de extrema pobreza chega a 6 milhões no Brasil. Para elas, qualquer brinquedo é um luxo com o qual sua família raramente pode arcar.

Mas nós conhecemos a alegria de ganhar um jogo, uma boneca ou uma caixa de lego nova, não é?

Levar essa alegria para as crianças que são vítimas da desigualdade ajuda a aliviar a pressão de viver nas condições em que vivem.

Podem ser brinquedos novos ou usados, desde que estes estejam inteiros e funcionais; basta levar à instituição beneficente ou deixar com uma igreja ou órgão público para que eles distribuam.


5. Incentive a doação 


Não tem como doar? Não se preocupe!

Compartilhar as iniciativas sociais que te chamam a atenção também é uma ótima forma de ajudar. Afinal, se você não pode contribuir, talvez alguém que você conhece possa, e é a sua divulgação que vai fazer a diferença!

Por isso, não deixe de espalhar informação no Instagram e Facebook e incentive seus amigos a apoiarem.

Vamos entrar em 2018 proporcionando um recomeço aos mais necessitados?


Vamos #Fazer1Bem, juntos!